• +11 96669-6924
  • peladoreal@peladoreal.com.br

Nutrição

Comer bem, para jogar bem!

Hello Peladeiras, bem vindas ao nosso site!

Assim como um time colaborativo, uma amizade colaborativa e encontros colaborativos, eu pensei: porque não um site colaborativo? Onde todas nós tenhamos um espaço para divulgar todos os nossos talentos, de maneira útil às outras?

Sendo assim, inicio hoje o primeiro post introduzindo a Peladeira Marina Guimarães, nutricionista e boleira nas horas vagas.

Pedi para ela umas dicas do que comer antes do jogo, quanto comer, quando comer após os jogos e eis o guia que ela montou para a gente!

Atividade física x Alimentação balanceada

Uma dúvida frequente de praticantes de atividade física, desportistas como a maioria de nós, que fazemos do esporte um hobbie e uma forma de nos exercitar e gastar algumas calorias, é o que se deve comer antes e após a prática do exercício?

Para não faltar energia durante os jogos, devemos dar atenção aos carboidratos! Principais responsáveis pelo fornecimento de energia ao organismo para realização das atividades diárias e dos exercícios físicos também.

Os carboidratos são divididos em simples (açúcar, frutas, leite, mel), complexos (pão, aveia, massas, arroz) e vegetais (batata, milho, mandioca). Por permanecerem menos tempo no estômago, são o combustível ideal para os exercícios!

Funções:

  • Evitar a fome durante a atividade;
  • Fornecer energia para o trabalho muscular, melhorando o rendimento;
  • Mobilizar gordura para ser gasta como fonte de energia.

As refeições pré-exercícios devem ser pobres em proteínas e gorduras. Esses nutrientes têm a digestão mais lenta, podendo atrapalhar a performance! Alimentos ricos em fibras também não são os mais recomendados para este momento, pois podem causar desconforto intestinal e demoram mais para serem digeridos. 

Quanto mais próxima a refeição da atividade física, menor deve ser a quantidade e variedade dos alimentos ingeridos.

E depois do exercício? Hummm… Que fome!

Para ajudar a desenvolver os músculos e preparar o corpo para o próximo jogo, procure alimentar-se logo após o término da atividade.

A combinação ideal é:

  • 1 porção de proteína para a construção dos músculos
  • 2 porções de carboidratos para levar essa proteína ao músculo e também para repor o estoque de energia gasto (glicogênio).


Carboidratos: Pães, massas, biscoitos sem recheio, frutas, bebidas esportivas, sucos.
Proteína: Carnes magras, frios (peito de peru e queijo branco), barras de proteína, derivados de leite desnatado.

Hidratação

Durante a prática de atividade física, a temperatura do corpo se eleva. Para manter a temperatura ideal e recuperar seu equilíbrio, o corpo transpira e a perda de líquido por meio do suor é grande. A evaporação do suor elimina parte do calor e também substâncias importantes para o equilíbrio interno do corpo, como água e sais minerais. Por isso, precisamos repor essa perda para manter o bom funcionamento do organismo.

A hidratação é importante antes, durante e após atividade física e está diretamente relacionada ao rendimento!

Dessa maneira, Peladeiras, hidratar-se o tempo todo, junto com uma alimentação balanceada é o suficiente para atender às necessidades de uma esportista e atingir um estilo de vida mais saudável!

Marina S. Guimarães
(marina_sguimaraes@hotmail.com)

Nutricionista

1